sexta-feira, 30 de julho de 2010

A Desvalorização da Educação física escolar

Gislei da Silva Pimentel Estudante de educação física Unievangélica

(Anápolis 30-07-2010)

A Educação física nas escolas publica vem sofrendo uma critica pelos alunos e professores de outras matérias, pois a educação física e vista como uma matéria extracurricular havendo atividades recreativas e de forma lúdica, fugindo da idéia da educação física escolar que e a iniciação esportiva, o social e a saúde. Sabendo que há falta de profissional da área nesses trabalhos e substituída por profissionais de outras áreas especialmente os pedagogos que na maioria dos casos assume as aulas de educação física sem ter o conhecimento específico que só os profissionais de educação física possuem para conhecer o potencial de cada faixa etária.

Para SOARES (1996) A Educação Física está na escola. Ela é uma matéria de ensino e sua presença traz uma adorável, uma benéfica e restauradora desordem naquela instituição. Esta sua desordem é portadora de uma ordem interna que lhe e peculiar e que pode criar outra ordem na escola.

A Educação fisica faz parte do curriculo escolar deste 1882 quando rui Barbosa de seu parecer sobre o projeto 224-reforma Leôncio de carvalho decreto n 7.247 de 19 de abril de 1879 na qual defendeu a inclusão da ginástica na escola e equiparação dos professores porque precisa ter um corpo saudável para sustentar uma atividade intelectual.

Mais porem ninguem reconhece o verdadeiro valor da educação física escolar não se sabe se são professores desinteressado que não cativa os alunos,e vão nas escolas apenas para cumprir horário e não conquista os alunos. Mattos e Neire (2000) Diz que a educação física comparada com outras matérias, há uma falta de objetivo porque as outras matérias propícias aos alunos um metodologia diversificada tendo estudo com exposição de vídeos, passeios a lugares onde esta estudando naquele momento nos livros de diversos autores discussão de problemas atuais e passados enquanto a educação física escolar não sai dos conhecimentos fundamentados no esporte. Mais será que isso também não da para acontecer com a Educação física? Ou quando encontra professores que tem o desejo de mudança encontra muitos obstáculos que não deixa seu trabalho da resultado.

Silva, Damázio (2008) Diz que as aulas de educação física por não ter um espaço adequado são ministradas próximos a outros ambientes ex:( salas de aulas, secretarias, biblioteca) conduzindo interferências sonoras, que atrapalha as outras aulas que acontece ao mesmo tempo criando inimizade com professores e alunos. Outro problema que atrapalha as aulas de educação física para Silva, Damásio (2008) e a proteção ao redor das quadras que são poucas escolas que possui esse fator alem de limitar o trabalho com os alunos oferece risco a vida dos alunos porque quando uma bola cai na rua os alunos correm para buscá-la ficando exposto a perigo de acidente e muitos outros fatores que oferecem risco. “ a rede pública de educação não possui uma infra-estrutura necessária para atender ao grande número de alunos que comporta. Com isso os professores não conseguem desenvolver uma aula produtiva.” (Magalhães 2009).

Medina (1996) “a educação física ainda sofre em relação a outras disciplinas entretanto o que mais assusta não e o desprezo e a discriminação em si, mais sim a passividade com que ela aceita o seus condicionamento.”

Heidrich (2008) a educação e direito de todos os mais de 53 milhões de estudante matriculados na educação básica, infantil, fundamental e médio segundo o (MEC) sendo que a educação física faz parte desses direitos como uma proposta pedagógica das escolas, mais na realidade esse fato não acontece porque a educação física escolar não e levada a serio num planejamento escolar ficando sempre de lado.

Para Saad (2008) a principal missão da educação física e a promoção da qualidade de vida que através de atividades físicas e desportiva, e onde entra o professor de educação física que orientar essas atividades de maneira correta na escola esse professor devera introduzir essa idéia de qualidade de vida através das atividades físicas e ensinar os esportes e suas regras para que o aluno se torne um individuo saudável e que possa viver no meio da sociedade obedecendo regras imposta pelas quais.

Para Mattos e Neire (2000) a aprendizagem da educação física e um procedimento essencial na construção intelectual e moral. Que e planejar as aulas encima de problemas que os alunos teriam e saber resolver esses problemas fazendo atividades levantando hipóteses levando os alunos a descobrirem um raciocínio lógico sabendo levar em conta os conflitos com a própria saúde essas são algumas das muitas formas de aprendizagem escolar que o professor pode cria na qual poderá se cria situações que ajude o aluno a descobrir a atividade física. Trabalhando também espécies de debates na qual possibilita o aluno fazer perguntas e ter suas resposta respondida , proporciona a eles um pouco entendimento da fisiologia pois nos transcorrer das aulas se eles mesmo tiverem uma incomodo no corpo identificarem e pode expor ao professor seu problema. E um fato muito importante o aluno vê em seu professor uma fonte de descobertas então quando o aluno tem duvida evitar o Maximo possível dar resposta pronta mais sim responder debatendo com eles de maneiras claras as soluções de forma que ele entenda.

Oliveira (1987) a educação física deve procurar entender o homem e todas as partes e respeitá-lo em sua individualidade mais sem deixar ele cair num individualismo para que possa haver um perturbação metal então a educação física tem que procurar entender esse homem porque ele e fruto de sua historia sendo protagonista. Soares et al (1992) a educação física deve ser trabalhada de forma histórica e culturalmente desenvolvida para vencer obstáculos que e a assimilação da aula com a realidade na qual os exercícios seria os mesmo usados no cotidiano do aluno que dentro da pedagogia seria executar determinado exercício desafiando a gravidade e não se machucar na qual o aluno desenvolve determinados habilidades corporais e que ele precisa ter o conhecimento da pratica que ele ta fazendo como a técnica que seria do determinado exercício que ele esta fazendo.



OLIVEIRA, V. M. fundamentos pedagógicos educação física. 1ed. Rio de janeiro: livro técnico S.A, 1987. p 11-43

MATTOS, M. G, NEIRE, M. G. Educação física na adolescência construindo o conhecimento na escola. 1ed. São Paulo: phorte editora ltda, 2000. p 9-20.

OLIVEIRA, V. M. Consenso e conflito da educação física Brasileira. Campinas: papirus, 1994. p 19-20.

MEDINA, J.P.S. A educação física cuida do corpo e mente. 14ed. Campinas: papirus, 1996. p 19-35.

IZQUIERDO, I. Muitas formas de aprendizagem, muitas formas de memórias.rev. pátio. n.49. p. 9-10, fev/abr. 2009.

SILVA, M. F, DAMAZIO, M. S. O ensino da educação física e o espaço físico em questão. rev. Ufg. v. 11, n. 2. p.1-7. 2008.

HEIDRICH, G. temos uma educação física escolar dos anos 60. Blog mundo educação física. Disponível em: <.www.mundoeducaçãofisica.com/.../temos-...>. acesso em 18 nov.2009.

SAAD, R. educação física no Brasil. Portal da educação física. Disponível em www.educaçãofisica.com.br. Acesso em: 18 nov. 2009.

SOARES, C.L. Educação física escolar: conhecimento e especificidade.rev paulista de educação física. São Paulo. P 6-12. 1996.






terça-feira, 6 de julho de 2010

CIDADE DE ANÁPOLIS


O surgimento de um pequeno povoado às margens do Ribeirão das Antas foi marcado no século XVIII pelos tropeiros que iam em direção às lavras de ouro em Pirenópolis, Corumbá de Goiás, Santa Cruz, Silvânia e Goiás.
O pequeno povoado se tornou o município Freguesia de Santana e a partir de 31 de julho de 1907 passou a se chamar Anápolis. Na década de 70 tornou-se Área de Segurança Nacional abrigando a Força Aérea.
Em 1976, foi implantado o Distrito Agroindustrial que hoje, abriga quase uma centena de empresas de ramos diferentes sendo considerada o maior pólo industrial no ramo de medicamentos genéricos do país.Segundo estimativa do IBGE para 2009, 335.960 habitantes, sendo o terceiro maior em população do Estado. Possui um PIB de 4,6 bilhões de reais, o que faz de Anápolis o município mais competitivo,rico e desenvolvido do interior do Centro-Oeste Brasileiro. Fica a 48 km de Goiânia e 139 km de Brasília. Junto com essas cidades, faz do eixo Goiânia-Anápolis-Brasília, a região mais desenvolvida do Centro-Oeste.
Tendo clima do tipo tropical de altitude. A temperatura, ao longo do ano, oscila entre 9º (junho-julho) a 33º (janeiro-março), mas a média fica entre 20º e 23°C. O período mais frio vai de maio a setembro, e o mais quente, de outubro a abril. Existem duas estações distintas, a da seca, que coincide com o período de frio, e a das chuvas, que coincide com o período de calor.
A Flora da região do cerrado é formada principalmente por jacarandá, peroba-branca, quina-do-campo, aroeira, pequi e lobeira. Na região de mata, destacam-se o angico, o amarelão ou garapa, o ipê-amarelo e o ipê-roxo, algumas espécies de palmeiras e a taboca. A mata ciliar ou de galeria, que acompanha as margens dos rios, possui palmitos, buritis, samambaias e imbaúbas, dentre outras plantas.
Ja na cultura Anápolis tem se diversificado bastante. Todos os anos ocorrem eventos como o ENCOA - Encontro Nacional de Corais de Anápolis, Portões Abertos na Base Aérea, onde pessoas de várias cidades visitam Anápolis para conhecer os novos Mirage 2000 e apreciam várias atrações e shows aéreos. Esses eventos ja fazem parte do calendário cultural da cidade. Além disso, todos os meses ocorrem espetáculos teatrais e musicais no Teatro Municipal, nas praças, e em diversos outros locais.
A cidade é bem servida de serviços educacionais, dispondo de ampla rede de ensino fundamental, médio e superior, além de diversas faculdades e duas universidades. No ensino superior, a cidade é sede da Universidade Estadual de Goiás UEG.
No esporte Anapolis foi sede do grand prix de futsal masculino que teve a participação de dezesseis seleções das Américas do sul e central, Europa, África e Ásia,tem um ginasio moderníssimo com capacidade para 8 mil pessoas,Anapolis tem tambem dois times de futebol o Anápolis que ja foi campeão goiano e Anapolina que ja foi vice-campeão goiana duas vezes e da taça de prata a atual serie B disputou a serie A em 1982 (http://anapolinafutebol.blogspot.com/)